Almoço Grátis...

O momento econômico pelo qual estamos passando é bem desafiador. Muitas pessoas perderam seus empregos, ou tiveram os seus salários reduzidos. Empresas tiveram que fechar suas portas ou se adequarem ao “novo normal”.
A prática do home office, que ainda estava em uma fase embrionária de discussão acabou por ganhar força nessa pandemia. A possibilidade de trabalhar em casa, para algumas atividades mostrou-se perfeitamente possível.
E a possibilidade de ganhar dinheiro de forma “fácil” também. Como já dito, muitas pessoas perderam suas ocupações ou tiveram sua carga de trabalho reduzida, o que naturalmente levou a uma queda de renda, quando não a supressão total de recursos.
Geralmente quando se passa pelo processo de perda da ocupação, naturalmente há uma busca por melhorar a qualificação, visando à volta para o mercado de trabalho. Navegando pela internet é possível observar a proliferação de cursos que estão sendo oferecidos.
Particularmente dois cursos têm me chamado a atenção: Marketing Digital e Day Trade.
O primeiro consiste em técnicas para impulsionar vendas pela internet, mesmo que você não tenha nenhum produto para a venda. Logicamente é preciso um dinheiro para investir no curso, assim como outro para aplicar as técnicas. E o resultado, pode ser positivo, ou não...
Pode-se aplicar o mesmo raciocínio aos cursos de Day Trade. Muitos cursos sobre o assunto, especialistas que encaram isso como uma profissão, investimento no curso, necessidade baixa de recursos para começar. O único problema é que se carece de estudo, e muitos “quebram” na sua primeira incursão por esse universo.
Infelizmente somos imediatistas. Pouco esforço e máximo resultado. Os profissionais sérios que oferecem esses cursos são claros em dizer que os resultados não acontecem do dia para a noite. Pode ser rápido sim, para alguns, mas não para a maioria.
Isso significa que não devemos fazer os cursos? Devemos separar o “joio do trigo”. Há cursos sérios, com pessoas sérias, que estão dispostas a lhe ajudar sim (cobrando por isso, por que não?) mas que deixam bem claro os prós e contras das decisões.
E há outros cursos que apelam para uma propaganda mais agressiva, que acaba por iludir as pessoas, não deixando bem claro os riscos em sua tomada de decisão.
Há algo importante no universo financeiro que se chama gerenciamento de risco, ou seja, controlar os recursos dispendidos mensurando os riscos de retorno de determinada decisão.
E nesse momento particular estamos passando por uma fragilidade financeira que impacta nosso emocional, as relações familiares, etc. E uma propaganda bem feita pode nos induzir a erros. Já diz o ditado “não existe almoço grátis”.
É preciso sim de cursos (os bons), esforço (estudar, muitas vezes após colocar as crianças na cama) e treinar. Ninguém emagrece sem fechar a boca e fazer exercício. Um médico demora praticamente 10 anos para estar no mercado de trabalho e se estabilizar financeiramente. O tempo nem sempre é o tempo que desejamos, mas aquele que vivemos.
Aproveite esse momento para se qualificar. Estude! Fique com a família. Volte-se para Deus (para quem acredita). Lembre-se que é o esforço e dedicação que geram resultados. Outro ditado já diz que “Tudo o que vem fácil, vai fácil”. Reflitam..


Prof. Me. Leandro Vila Torres
Coordenador GTCC